Visitar página no facebook

gira e boa

Minha gente, vou aproveitar este gracioso piropo para vos dar a conhecer dois tópicos bem curiosos da nossa língua. Antes, porém, vale a pena apresentar tal piropo na sua forma completa: És como um helicóptero: gira e boa!

Um helicóptero «gira», ou melhor, as suas hélices giram, e sendo um aparelho de aviação «voa». Temos assim:
gira – do verbo girar, 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo
voa - do verbo voar, 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo

Verdade, verdadinha, a graça está no trocadilho (troca de palavras) bem patente no piropo:
gira – de giro, forma feminina do adjetivo
boa – de bom, forma feminina do adjetivo

Vamos à lição:
No caso de «gira», estamos perante palavras homógrafas (palavras com grafia igual, pronúncia igual e significado diferente).
Entre «boa» e «voa», embora sejam palavras parecidas, digamos que o humor é obtido através de um fenómeno recorrente que consiste na troca da pronúncia do som 'v' pelo 'b' – o betacismo.

Seja! O helicóptero gira e voa!

Agora a mulher, ah(!), sendo um helicóptero, é sempre gira e boa!

Comentários (0)

Deixe um comentário

Está a comentar como convidado. Login opcional abaixo.