Visitar página no facebook

cuidamos da depressão ou a depressão ?

Diz-se "cuidamos a depressão" ou "cuidamos da depressão"?

A forma mais correta de formular a frase é com o emprego da preposição: “cuidamos da depressão”.

O verbo cuidar, com o significado de “tratar (da saúde, do bem-estar etc.) de (pessoa ou animal) ou (da aparência, conservação etc.) de (algo); tomar conta” é classificado como um verbo transitivo indireto, ou seja, apresenta um complemento introduzido pela preposição “de”.
«- E se eu me deixasse de literaturas, e tratasse mas e de aproveitar esta meia dúzia de dias que me restam para cuidar da salvação do corpo?»

(TORGA, Diário, III, p. 27).

No entanto, o verbo “cuidar” também surge como transitivo direto, ou seja, sem ser acompanhado por qualquer preposição.

«Dantes, um homem valia-se das mulas para transportar toda a espécie de mercadoria de umas vilas para outras, e assim ganhava o bastante para mais adubo, mais semente, para cuidar a terra com uma boa monda, para, enfim, equilibrar o fracasso da seara.»
(F. NAMORA, O Trigo e o Joio, p. 28).

Sendo ambas as construções aceites, a tradição normativa recomenda o uso do verbo cuidar seguido de preposição: cuidar de.

A equipa do PLP - português à letra

Comentários (0)

Deixe um comentário

Está a comentar como convidado. Login opcional abaixo.